Google+ Followers

terça-feira, 28 de maio de 2013

corre dor


por Luiz da Nóbrega  em Domingo, 21 de abril de 2013 
Porque corres?
Porque teimas em correr se logo morres !?
Se aquilo que procuras é ouro e prata,
se vais depressa é a pressa que te mata.

Se perdeste o caminho da materna floresta
de toda a riqueza que tens, nada presta,
se já não sabes respirar na montanha pedregosa
a tua palavra não é mais que uma brisa mentirosa,
se perdeste o calor antigo das mãos
do teu sangue só escorrem frios nãos,
o teu olhar fica seco de dureza, não te vês,
não vês ninguém, não vês a beleza.

cuidado com as palpitações e outros sobressaltos,
cuidado, com as vossas regras de inconscientes incautos,
e as aspirações supersticiosas que há tantas,
entre bingos, pokeres, roletas e mais de quantos totolotos,
és jogador
ou bebedor e cada qual com sua dor,
cada um procura o que lhe dá ardor,
matador, fumador, prior, fodedor, armazenador,
perdedor, ganhador, espilrador, aspirador,
alinhador, amador, trabalhador,
cantador, palrador,
distribuidor...de dor,
sim senhor senhor prior
tanto pecado e horror,
se tanto corres é para não lhe veres a cor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário