Google+ Followers

quarta-feira, 29 de maio de 2013

fugiu um brinquedo do teu parque de distrações


por Luiz da Nóbrega  em Sábado, 4 de maio de 2013 
por onde te passeias
de inconsciência leve e meio-leviana,
inventando absurdas razões para brincares à vida,
porém a meio do teu capricho já nao sabes se queres um brinquedo ou se queres um bicho
perfeitamente amestrado para fazer números de circo e outros espectáculos que olharas
meia-indiferente, meia-arrogante, meia-sorridente, meia-carente mas sempre distante,

antes de ficar mudo
fujo e digo,
no meio disto tudo
prefiro ser infeliz sozinho
que ser meio-feliz contigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário