Google+ Followers

sexta-feira, 7 de junho de 2013

luzes


por Luiz da Nóbrega em Terça, 4 de Junho de 2013 
não és uma musa ,nem ninfa voadora ,és uma estrela supersônica 
a minha estrela sigo a luz da tua órbita se bem que as estrelas , 
dizem, não orbitam mas não ligo à cosmologia cientifica prefiro ficar na ignorância 
antiga daqueles que passaram a vida a seguir estrelas que, 
mesmo se paradas no espaço desta terra se veem a voar
e depois dos azimutes das latitudes , longitudes outras medidas espaciais 
só me importa saber gravitar em tua volta e saber voltar para dentro de ti conhecermos as tangentes dos corpos e a voz das mentes juntas 
que se ouvem e se falam e se escutam e se dizem e se dão e se recebem e transitam entre nós alegrias impulsos de abraços, 
e outras letargias onde não haverá cansaços basta eu seguir essas luzes todas que todas chegam de ti de estrela voadora de musa supersônica de ninfa do mar em qualquer lado te sigo te espero , ou me encontro contigo dentro de um sonho do qual saio a sonhar mando parar o transito para te apanhar e com a ponta dos dedos te mostrar as cores de todas as luzes que nos podem iluminar (é melhor estacionar) a unica cosmologia que existe é eu ser um barco , ou uma onda na praia onde tu és estrela do mar ninfa supersônica e a musa sempre voadora que com suas asas me traz ar não pares nunca sim, tens de ir, estás perdendo a hora de chegar não, tens de vir estás ganhando a hora de partir. Eu vou indo vendo as tuas luzes, vou seguindo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário